É.
Nem sei por onde começar. Bem, vou na de sempre: Acabei de assistir “Menina de Ouro”.
(silêncio, pensamentos, mais silêncio)
Acho que rolou um curto circuito mental. (Mas é só mais um filme hollywoodiano feito para chorar, pára de drama!).

Acho que caí na pegadinha. Sorte minha que fiz algumas anotações enquanto via o filme, e vou tacá-las, ou melhor, socá-las em vocês nesse momento, sem nem
editar, ok?

Então lá vai:
Precisamos socar para tirar da alma as coisas ruins da vida.
Por que os que pouco tem são os que mais força possuem?
Por que nós, povo que mora no andar de cima, somos tão mais frágeis?
Lutar por algo com todas as forças; abdicar a vida que a sociedade nos
impõe em busca de um sonho.
Alguns nascem desapegados.
Alguns têm força interna, mas fragilidade externa.
O que é preciso para “chegar lá”? Basta a força interna?
Dor Física x Dor Emocional.

“Sempre me proteger.”