Havia muita expectativa em torno do lançamento deste disco do grupo Kid Abelha. Os abóboras selvagens vinham de uma enxurrada de sucessos: Pintura Íntima, Fixação, Porquê não eu?, Alice (não me escreva aquela carta de amor), além da faixa que dava nome ao primeiro LP, Seu espião, lançado em 1983.

Paula Toller, George Israel, Bruno Fortunato e Leoni (que naquele tempo ainda era um Kid) foram muito felizes na construção deste Educação Sentimental cuja concepção ainda permanece atual, seja na musicalidade como nas letras. Foi deste LP que saíram hits como Lágrimas e Chuva, Garotos, Educação Sentimental I e II e Os Outros. O disco era fechado com uma versão light de A Fórmula do Amor, que Léo Jaime cantava de forma dançante com o mesmo Kid Abelha no disco Sessão da Tarde, outro grande sucesso de 1985.

O Kid Abelha mostrava maturidade nas letras e nos arranjos, com a produção de Liminha. Foi um tapa sem mão naqueles que os vaiaram na primeira edição do Rock In Rio, em Janeiro de 1985. No ano seguinte, Leoni deixava o Kid Abelha, após ser atingido na testa por um pandeiro arremessado por Paula Toller após uma discussão. Desde então, o quarteto virou trio, tendo participações de outros músicos, como Cláudio Infante, que pilotou a bateria do Kid Abelha entre 1985 e 1988.

Músicas:

Lágrimas e chuva (Leoni, Bruno Fortunato e George Israel)
Educação sentimental II (Leoni, Paula Toller e Herbert Vianna)
Conspiração internacional (Leoni e Paula Toller)
Os outros (Leoni)
Amor por retribuição (Leoni e George Israel)
Educação sentimental (Leoni)
Garotos (Leoni e Paula Toller)
Um dia em cem (Leoni e Paula Toller)
Uniformes (Leoni e Leo Jaime)
A fórmula do amor (Leoni e Leo Jaime)

Produzido por Liminha