Shows

Noite de surpresas no Morro da Urca

Depois de dois anos, Rita Lee volta ao Rio de Janeiro com muitas novidades

Rita Lee - Foto: Fábio Vizzoni / Site Música & LetraAssistir a um show de Rita Lee é sempre uma experiência inesquecível. Um festival de som, luz, cores e muita irreverência. Agora, ter o prazer de ver a cantora em plena forma, com uma banda reformulada, novo repertório, novos arranjos e muitas surpresas, isso sim é uma oportunidade única e cada vez mais rara, ainda mais no Rio de Janeiro.

E foi justamente assim que a cantora se apresentou, no último sábado, dia 25, no Morro da Urca, no projeto Oi Noites Cariocas. Depois de dois anos de ausência nos palcos da cidade – a última vez foi justamente no mesmo local, em 13 de novembro de 2004 – Rita Lee mostrou uma prévia do que vai acontecer em sua nova turnê, que irá comemorar seus 40 anos de carreira, a partir de 2007.

Da antiga banda permaneceram, além de Roberto de Carvalho e Beto Lee (guitarras e vocais), Débora Reis (backing vocals) e Edu Salvitti (bateria), e se juntaram a eles Brenno Giuliano (baixo), Daniel Teles (teclado) e Maria Diniz (backing vocals).

Desta vez, Rita Lee deixou de lado as high pops Saúde (1981) e Nem luxo nem lixo (1980) e a escatologia de Tudo vira bosta (2003) para abrir espaço a um setlist mais pesado, mais voltado para o rock, em canções como Orra meu (1980, que abriu o show), Luz del Fuego e Ovelha Negra (1975), além de uma homenagem à Raul Seixas em Como vovó já dizia que, segundo Rita, era um “momento mediúnico”, reiniciado por três vezes pois “a mediunidade demora e não tinha acontecido ainda”.

Rita Lee e Preta Gil
Rita Lee e Preta Gil
Entre as surpresas do show, estava a participação de Preta Gil em Agora só falta você (1975). Antes da convidada entrar em cena, Rita Lee declarou: “ela é a filha biológica que tive 30 anos atrás, num encontro com Gil lá naquele Domingo no Parque. Pedi ajuda pra Márcia Goldschmidt, que a reencontrou” – conta. E Preta, vestindo uma camisa com a estampa da capa do LP Build Up, completou: “eu sou a Beyoncione, filha da Beyoncé com a Alcione”. Juntas, trocaram os versos da canção, afagos e uma bitoca à la Hebe Camargo.

Mas o melhor ainda estava por vir – e esta parte do show, ao que tudo indica, não constava no script. Antes do bis, Rita Lee perguntou para a plateia o que o público queria ouvir. E entre os pedidos mais comuns, como Mania de você (1979) e Baila Comigo (1980), um apelo inusitado foi prontamente atendido: Rita cantou Bwana, canção de 1987 fora do repertório há muitos anos. Ao fim, Rita Lee afirmou: “essa música é meio gospel, parece música evangélica”. Foi o que faltava para que Roberto de Carvalho puxasse os primeiros acordes de José, sucesso do primeiro disco de Rita Lee, Build Up, de 1970.

Rita e o dinheiro "doado" pelo público
Rita e o dinheiro “doado” pelo público
Assim que entendeu o recado do marido, Rita Lee parou tudo e disse: “Essa eu não vou cantar. Eu odeio essa música”. E saiu do palco. Ao retornar, Roberto ajoelhou-se a seus pés, implorando para que ela cantasse. E Rita explicou: “Eu perdi uma aposta pra ele (…) essa eu só canto por dinheiro”. Foi o que precisava para que o público começasse a jogar moedas e notas no palco. Fazendo cara de contragosto, Rita finalmente cantou a versão feita por Nara Leão. E, à medida que as pessoas iam atirando notas – de Reais e até mesmo Dólares – , Rita Lee mudava a expressão facial, do descontentamento para uma outra, de quem estava adorando receber para cantar.

No bis, a tradicional chuva de prata de plástico metalizado em Lança-perfume, de 1980, e a homenagem à Leila Diniz no rock Todas as mulheres do mundo, de 1993.

O show, dirigido por Roberto de Carvalho, foi totalmente gravado por Roberto de Oliveira, responsável pelos DVD’s que narram a trajetória de Chico Buarque. Ao que tudo indica, em breve o mesmo acontecerá com Rita Lee, que teve todos os seus passos filmados desde que chegou na cidade, incluindo um passeio de helicóptero antes de pousar no Morro da Urca.

Veja mais fotos do show:

Brenno, Edu e Beto
Brenno, Edu e Beto
Débora, Maria, Rita e Roberto
Débora, Maria, Rita e Roberto
Rita e o Theremin, o "tataravô dos sintetizadores
Rita e o Theremin, o “tataravô dos sintetizadores
Rita Lee
Rita Lee
Beto Lee e Roberto de Carvalho
Beto Lee e Roberto de Carvalho

Rita Lee - Foto: Fábio Vizzoni

Rita Lee
Rita Lee
Beto e Rita Lee
Beto e Rita Lee

Você também pode gostar...

13 comentários

  1. Beto Feitosa diz:

    Muito bom o show, inesquecível! Rita ta a cada dia mais apimentada!!!!! Estamos todos vicando velhos, doido varridos… mas a música dela continua com energia teenager!

  2. Drikabourquim diz:

    Que inveja dessa lente!
    rs

  3. Belo texto e belíssimas fotos!!! Amei!!!!

  4. ITS ONLY ROCK N´ ROLL !!
    DIVA DO ROCK BRASILEIRO!!

  5. talita lee diz:

    Oi Fabio, td bem??
    Cara ADOOOOOREI tanto a matéria como as fotos, show de bola…arrasou!!!
    PARABÉNS… e mto obrigada por retratar mais um show da nossa DEUSA, NOSSO SOL!!!
    VIVA RITA LEE!!!!!!!!

  6. Que raivaaaaaaaaaaaa
    Eu ia e não fui!
    =~~~~~~~~~

    Nunca fui a um show dela!
    Estou querendo ir desesperadamente!!!

    Ritaaaa te amo!
    =*

  7. a MARAVILHOSA RITA de sempre.

  8. fernanda lee diz:

    Ehehehehehehehe

    Amei tudo .. TUDO !!
    Foi realmente leendo de viver .. Rita in Rio ..

    Ah e Bwana fui eu quem pedi!!!

    bjs querido .
    f.lee

  9. Norma Leema (Normitz) diz:

    Fábio, ela andou mesmo de helicóptero? Não foi de disco voador não? Uma coisa: quem começou a dar grana pra ela foi o Leandro Vallim, ela veio na nossa direção com a mão aberta. Uá uá uá. Do ângulo que você estava, não deu pra ver isso.
    Dos shows dessa turnê dela que assisti (Taubaté, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Curitiba, Santo André e Rio de Janeiro),este foi um dos especiais, pode crer.
    Parabéns pelo texto e pelas fotos, mano. Beijos da sua leitora!

  10. Deborah Reis diz:

    Mto dez sua materia,Fabio!!! Sera q vc é o FABIO ,meu friend do orkut?? Nao achei sua assinatura aqui..por isso a pergunta. Mas ta mto legal sua materia mesmo!
    bjao!!!
    Deborah Reis

  11. Fábiooooooooooooooooooooooooooo
    Arrasou!!!!!!!!!!!!
    Amei as fotos e o texto!
    Beijos
    Paula

  12. patricia diz:

    amei ta d+++++++++++
    a rita lee
    como sempre abalando
    sou fa dela
    bjuuuuuuuu

  13. Bruno Cavalcanti diz:

    Afe, essa Rita Lee chega até a me irritar de tão perfeita que é! rsrsrs

    Não, mas o público jogando dinheiro para ela cantar "José" foi no mínimo hilário! kkkkkkkk

    Como eu qria estar ali para ver isso! rsrsrsrs

    fotos lindas e matéria ótima!

    Salve vovó Rita!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *