Notas

A MPB perde Rogério Duprat

Rogério Duprat em 1998 (Foto: Paulo Pinho)
Rogério Duprat em 1998 (Foto: Paulo Pinho)
Morreu em São Paulo nesta quinta-feira, aos 74 anos, o maestro, arranjador e violoncelista Rogério Duprat. Um dos nomes principais do Tropicalismo, Duprat sofria do Mal de Alzheimer e há três meses estava internado no Hospital Premier, em decorrência de um câncer na bexiga, e faleceu de insuficiência renal.

Carioca nascido em 7 de fevereiro de 1932, Rogério Duprat veio para São Paulo em 1955. No início da década de 60, formou o movimento Música Nova, junto com Gilberto Mendes, Julio Medaglia, Willy Correia e Sanino Hohagen. Anos depois, participou de outro movimento que mudaria a história da MPB: a Tropicália. Junto com Gilberto Gil, Caetano Veloso, Rita Lee e Tom Zé, Duprat fez arranjos memoráveis, como os de Domingo no Parque, e a simulação de um jantar em Panis et circenses . É ele que, na capa do disco Tropicália (foto, abaixo) segura um penico como se fosse uma xícara de chá.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *