Categorias
Lançamentos

BeBossa: Uma nova bossa no ar

Em seu primeiro CD, grupo carioca mostra um som moderno e coeso

Dispensando instrumentos e entrando em cena utilizando apenas a voz, o BeBossa, grupo carioca formado por Marcela Velon, Carol Assad, Cissa de Luna, Luiza Sales, Cauê Nardi, Zeca Rodrigues, Matias Corrêa e Pedro Sabino, lança pela Saladesom seu primeiro e homônimo CD.

Em dez faixas, novas idéias para canções consagradas, dentro e fora da cena bossanovística. Integrando modernidade com referências de outros grupos vocais, como o Quarteto em Cy, o MPB-4 e Os Cariocas, entre outros, o BeBossa faz um passeio por várias fases da música popular brasileira, trazendo para o movimento até mesmo quem nunca foi do universo da Bossa Nova, como o alagoano Djavan, através da sua Capim, de 1982, já na abertura dos trabalhos.

De Tom Jobim, o BeBossa recria três clássicos: Só tinha que ser com você, um símbolo do encontro entre Tom & Elis Regina, em 1974, além de Luiza (1981) e Passarim (1987), com uma pitada de influências da Banda Nova, que acompanhou o Maestro Soberano no fim dos anos 1980.

A capa, em tons de branco, preto e vermelho, com microfones estilizados, traz a referência estética clara dos lendários álbuns de Bossa Nova da gravadora Elenco, com as capas criadas pelo artista gráfico César Vilela, sempre em alto contraste.

Com pitadas de jazz vem Folhetim, de Chico Buarque, que ganhou uma nova roupagem e, com isso, se distanciou da gravação de Gal Costa, principalmente pela intervenção dos vocais masculinos. O samba está presente em Falsa Baiana, que Gal também gravou no início de sua carreira, além de Samba da pergunta, de Pingarilho e M. Vasconcelos, e Pra que discutir com madame, de Janet de Almeida e Haroldo Barbosa. Dos irmãos Marcos e Paulo Sérgio Valle, eles atacam com Samba de Verão.

Moderno e com uma combinação de timbres que agrada na primeira audição, o CD do BeBossa peca apenas por um detalhe: a quantidade de faixas. Poderiam ser mais. Mas, nada que não possa ser resolvido em breve. Por ora, é ouvi-los e saudá-los em seu dèbut musical, afinal, isso é BeBossa, isso é muito natural. Confira.

Assista a um trecho de uma apresentação do BeBossa:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *