Lançamentos

Pandeiro, chiclete e chanchada

CD reúne sucessos de Jackson do Pandeiro, lançados há 50 anos
No ano do nascimento da Bossa Nova e da conquista do primeiro título mundial da Seleção Brasileira de futebol, 1958, Jackson do Pandeiro (1919-1982) ingressou na gravadora Columbia e, durante dois anos, registrou em doze discos de 78 RPM vinte e oito canções, que agora, remasterizadas, chegam ao formato CD pela Discobertas, em “Chiclete com Banana” (foto, acima).

O paraibano Jackson, que na época vivia no Rio de Janeiro, produziu grandes sucessos, como “Tum, tum, tum”, que abre o disco, “Quadro negro”, “Gafieira”, “Cantiga do Sapo” e a faixa-título, um marco do gênero, sempre acompanhado por Britinho e sua Orquestra, entre baiões, cocos, chamegos, batuques e sambas. Além da música, Jackson também brilhou no cinema, nas chanchadas da Atlântida, onde a típica sonoridade ressurge aqui, em “Boa Noite” e “Sem Querer”. É ouvir e recordar as divertidas histórias em preto e branco, como “Cala a boca, Etelvina”, estrelada por Dercy Gonçalves e também lançada em 1958.

Personagem fundamental na história da música popular brasileira, Jackson do Pandeiro influenciou gerações de músicos, como Zé Ramalho, João Bosco, Alceu Valença, Elba Ramalho, Tom Zé, Moraes Moreira e Chico César, e permanece influenciando os que se lançam na aventura de produzir uma sonoridade alegre, genuinamente brasileira. Uma bela e necessária homenagem neste cinquentenário, que perpetua a sua história.

Confira abaixo a relação de faixas de “Chiclete com Banana”:

• Tum, Tum, Tum (lançamento: setembro de 1958)
• Pacífico Pacato (lançamento: setembro de 1958)
• Boa Noite (lançamento: novembro de 1958)
• Nortista Quatrocentão (lançamento: novembro de 1958)
• Sem Querer (lançamento: janeiro de 1959)
• Vou Sambar (lançamento: janeiro de 1959)
• Boi da Cara Preta (lançamento: janeiro de 1959)
• Linda (lançamento: janeiro de 1959)
• Baião do Bambolê (lançamento: maio de 1959)
• Quadro Negro (lançamento: maio de 1959)
• Forró na Gafieira (lançamento: agosto de 1959)
• Cantiga do Sapo (lançamento: agosto de 1959)
• Naquela Base (lançamento: outubro de 1959)
• Quem Não Chora Não Mama (lançamento: outubro de 1959)
• Chiclete com Banana (lançamento: novembro de 1959)
• Forró de Surubim (lançamento: novembro de 1959)
• Lágrima (lançamento: janeiro de 1960)
• De Arerê (lançamento: janeiro de 1960)
• Ogum de Malê (lançamento: março de 1960)
• Sarava O Endá (lançamento: março de 1960)
• Casaca de Couro (lançamento: maio de 1960)
• Lamento Cego (lançamento: maio de 1960)
• Valsa Neném (lançamento: julho de 1960)
• Mane Gardino (lançamento: julho de 1960)
• Acorrentado (lançamento: setembro de 1960)
• Leva teu Gererê (lançamento: setembro de 1960)
• Vou Buscar Maria (lançamento: setembro de 1960)
• Penerou Gavião (lançamento: setembro de 1960)

Você também pode gostar...

1 comentário

  1. as musica são muito massa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *