Zii e Zie: os novos transons de Caetano Veloso


A praia do Leblon é o cartão de visitas do novo CD de Caetano Veloso, Zii e Zie (foto), que chega às lojas nesta terça-feira, dia 14.

O álbum, gravado com a Banda Cê no ano passado, reúne a nova safra de canções apresentadas ao público pelo baiano durante as duas temporadas cariocas do show Obra em Progresso, como Lobão tem razão, Perdeu, Lapa e Base de Guantánamo, além das releituras de Incompatibilidade de gênios, da dupla João Bosco & Aldir Blanc, e Ingenuidade, cantada décadas atrás por Clementina de Jesus e Roberto Ribeiro.

Zii e Zie (ou “tios e tias”, em italiano), 42º disco de Caetano, traz os subtítulos Transambas (na capa) e Transrock (na contracapa), a exemplo de seus antecessores, Cê (2006) e Cê ao vivo (2007), foi totalmente gravado com a Banda Cê, formada por Pedro Sá (guitarras), Marcelo Callado (bateria) e Ricardo Dias Gomes (baixo).

Confira a relação de faixas de Zii e Zie, lançamento da Universal Music:

A contracapa do CD

Perdeu (Caetano Veloso)
Sem cais (Caetano Veloso e Pedro Sá)
Por quem? (Caetano Veloso)
Lobão tem razão (Caetano Veloso)
A cor amarela (Caetano Veloso)
Base de Guantánamo (Caetano Veloso)
Falso Leblon (Caetano Veloso)
Incompatibilidade de gênios (João Bosco e Aldir Blanc)
Tarado ni você (Caetano Veloso)
Menina da Ria (Caetano Veloso)
Ingenuidade ( Serafim Adriano)
Lapa (Caetano Veloso)
Diferentemente (Caetano Veloso)

Visite também: o Blog de Caetano Veloso, “Obra em Progresso”